dezembro 04, 2006

Ó SÔ DÔTOR !



Tenho reparado que algumas pessoas se têm insurgido contra a mais recente campanha publicitária da TV Cabo. Aquela, onde os filhos e a empregada bazam pois o papá-patrão ainda não se deu ao luxo de pôr televisão por cabo na sua ilustre maison.

Sinceramente, não estou a ver qual é a razão de tanta indignação. A sério. O tipo até deveria dar pulos de contente ao ler os recados que as alminhas em questão deixaram! Isso sim, é que está errado no anúncio.

Vejamos as coisas deste ponto de vista :

- Se os rebentos bazaram, certamente foi porque tinham meios para bazar. Ou seja, se sairam de casa, é porque de certeza não foram para a rua (que eu saiba, ainda não se pode ver a TV Cabo debaixo da ponte, ou ao pé das saídas de esgotos - embora fosse talvez um cenário adequado, tomando em conta a qualidade do serviço prestado). Ou seja, já estava mais do que na hora dos meninos terem levantado o rabinho dos sofás e porem-se a andar. Ou seja, já tinham emprego e quem sabe, casa própria.

- Se a lambisgoia da empregada que também bazou se queixa de a casa não ter TV Cabo é porque é certamente uma incompetente do camandro que passaria o tempo a ver TV em vez de trabalhar. Portanto, só fez um favor ao gajo em ter-se ido embora.

Portanto, não pôr TV Cabo pode trazer a felicidade a muitos chefes e chefas de família, pois funcionará como um eficaz filtro de porcaria humana. Após a limpeza, aí já podem pôr o que quiserem, mas depois não se queixem do serviço (ou que os rebentos e a empregada voltem a correr).

3 Comments:

Blogger Maria Strüder disse...

loool genial!

13:20  
Blogger Rivera disse...

Eu cá gosto muito dos anúncios! Principalmente daquele em que é o filho que deixa o recado, porque acho graça à meneira do miúdo falar.

P.s. - quanto aos filhos, segundo o que escreveram nos bilhetes ao pai, ficaram na casa de uns amigos :)

14:30  
Blogger tatoia disse...

concordo!

16:48  

Enviar um comentário

<< Home





Para receber um e-mail cada vez que haja novidades neste blog clique no símbolo RSSFWD abaixo e introduza o seu e-mail